sexta-feira, 8 de julho de 2011

Tempo do Amor


Estou no tempo das melodias profundas
que transbordam a alma de calmaria, magia e encanto.
Estou no tempo de caminhar na paz;
por praias, jardins e plantações.

Estou no tempo de curtir as canções da natureza.
Ouvir  barulho do mar,
cantar dos pássaros,
sons do vento, cântico da estação...

Estou no tempo de relembrar momentos eternos,
que ficaram gravados na memória.
Tempo pra falar de coisas simples, tomar banho de chuva,
dar bom dia ao sol, tecer versos de amor olhando a lua,
brincar com as estrelas no céu.

Estou no tempo de ser amigo dos passantes;
de escutar os desconhecidos e ter paciência
para ouvi-los falar de suas pelejas e alegrias,
de não deixar passar despercebidas as pequenas dádivas da
vida.

Estou no tempo de observar os detalhes do caminho;
de oferecer o melhor de mim para que a vida tenha  mais valia.
E mesmo com a gotícula do que sou eu possa
fazer brotar um sorriso, secar uma lágrima,
ajudar a regar uma flor.

Estou no tempo de cuidar para que a dor que há em mim
seja purificada e se enfraqueça.
Porque estou no tempo de ser feliz em nome do amor.bjs DARC

Do amor que habita em mim.

Glorinha Gaivota –

Um comentário:

  1. Belíssimo, como não gostar? Amei. Parabéns tua beleza encanta. Beijo.

    ResponderExcluir